Primeiro projeto de energia solar com a linha de crédito Badesc Energia é assinado em SC

agosto 10, 2018 0 By enio

O sistema de energia fotovoltaica será executado pela Quantum Engenharia em Canoinhas, no Planalto Norte do Estado

 

O primeiro sistema de geração de energia fotovoltaica do Estado de Santa Catarina por meio da linha de crédito Badesc Energia foi assinado na última quinta-feira (9), em Canoinhas. O financiamento visa apoiar projetos para empresas de todos os segmentos e tamanhos substituindo a energia elétrica para uma 100% limpa, em até 96 vezes.

A Moreschi, comércio de pneus, na cidade de Canoinhas, apostou nesse investimento desenvolvido e executado pela Quantum Engenharia, catarinense no setor de energia solar.  O sistema, com instalação em andamento, tem geração de energia anual de 84.397 kWh, e a unidade consumidora irá produzir até 100% da energia exigida.

O sistema de 63,6 kWp conta com 240 painéis fotovoltaicos de 265 wp. O ganho de sustentabilidade da Moreschi Pneus por ano é equivalente à preservação de 1.147 árvores, além de deixar de emitir para o meio ambiente 44.730 kg de CO₂ (dióxido de carbono, ou mais conhecido como gás carbônico).

Limpa e econômica, a energia solar conquista cada vez mais espaço. Um fator que muitos consumidores desconhecem é que esta modalidade é acessível para residências, comércios e indústrias. O presidente e engenheiro da Quantum Engenharia, Gilberto Vieira Filho, afirma que esta é uma conquista para os consumidores e a indústria solar, tendo em vista que a economia será maior, aumentando os benefícios desta modalidade de energia renovável.

Representando o Badesc na cerimônia de assinatura, o gerente regional da agência em Joinville, Marco Aurélio Griebler, destacou que a Quantum Engenharia foi a primeira parceira estratégica no âmbito da energia solar, e que “pela expertise técnica fez com que o Badesc criasse uma linha de crédito que fizesse com que os recursos chegassem ao beneficiário em condições favoráveis em termos de taxas e prazos. E tudo isso culminou para que a Moreschi fosse a primeira beneficiada no Badesc Energia”, concluiu.

Colaboração: Beatriz Momm