Badesc e Finep reiniciam conversações para novas parcerias

janeiro 30, 2019 0 By enio

Após o lançamento do Programa Cidades Inovadoras pelo ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) no final de 2018, a responsabilidade de expansão ficou por conta da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep). E nesta quarta-feira (30) os analistas Bruno Camargo e Marco Manzolillo da Regional Sul da Finep estiveram visitando o Babesc. Eles explicaram que este novo programa busca contribuir para a modernização dos municípios brasileiros e para a construção de políticas públicas sustentáveis, tornando as administrações públicas mais eficientes. Inicialmente servirá para projetos que busquem melhoramentos com tecnologias inovadoras nas áreas da mobilidade urbana, saneamento, recursos hídricos, meio ambiente, licença energética, segurança pública, entre outras.

“Dentro das características do programa espera-se implantações de soluções inovadoras que busquem atender as necessidades através de uma melhor conectividade, acessibilidade, experiência de viagem, uso compartilhado, digitalização, tecnologias ambientalmente sustentáveis, laboratórios urbanos, sempre propondo soluções integradas”, explicou Manzolillo.

Os recursos serão repassados a bancos de desenvolvimento, agências de fomento que vão financiar o desenvolvimento de projetos de inovação por prefeituras, governos estaduais e empresas de economia mista ou empresas privadas. Quatro setores receberão apoio de forma prioritária: saneamento e recursos hídricos; mobilidade urbana; eficiência energética e energias renováveis. A taxa de juros será de CDI + 3.0% a.a. (remuneração Finep), e a remuneração do agente será negociada entre a instituição e o cliente. O prazo de carência será de até 24 meses e o prazo de amortização, de até 96 meses.

O presidente substituto da Finep, Ronaldo Camargo, durante a cerimônia de lançamento em setembro de 2018, ressaltou que o projeto foi desenhado e avaliado conjuntamente com os bancos de desenvolvimento regional e vai disponibilizar o montante de R$ 1 bilhão para investimento em inovação. “Atualmente, a Finep é uma empresa sólida para ampliar seus empréstimos reembolsáveis em prol da ciência, tecnologia e inovação.” E confidenciou que Santa Catarina foi o case de sucesso na área de fomentos entre os bancos públicos. E que o projeto foi desenhado pela expertise que o Badesc tem junto aos municípios e grande parte da metodologia deste projeto foi contribuição de Santa Catarina.